Pular para o conteúdo principal

É só a espera que é demorada.


Ela acordou mal humorada, mais uma vez. É mais comum do que acordar sorrindo, na verdade, nem se lembrava da última vez que isso acontecera. Enrolou na cama o máximo que pôde, mas não teve jeito, afinal. Reclamou do cabelo, do dia que estava chuvoso, da falta de café no armário. Saiu escada a fora, reclamando do elevador que estava em conserto. Reclamou da demora – comum – do ônibus, e foi assim pelo resto do dia. Tem sido assim.

Ninguém entende, pelo contrário, só criticam o seu jeito tão sério de levar a vida. Ninguém pergunta ou se interessa. Ouço até dizerem que ela nunca vai arranjar alguém. Mas ela sabe o porquê de ser assim, sabe que isso foi consequência inevitável. Sabe que quando a gente perde a última coisa que queria perder na vida, tudo se torna mais amargo. O problema é que nunca fez questão de explicar a ninguém, afinal, o que poderiam fazer para ajudá-la?

Dá o melhor de si no trabalho, talvez dê tudo de si. E deve ser por isso que já foi promovida algumas vezes durante os últimos anos que passaram. Como se isso fosse fazê-la se sentir tão melhor. Volta pra casa com o mesmo sentimento que acorda e passa o dia. Esconde-se de uma dor natural de quem deixa ir embora o motivo de sua felicidade.

No final de semana almoça na casa da mãe, revê as irmãs e os sobrinhos. Não sente inveja, que fique claro, só pensa que poderia também ela estar ali com uma menininha no colo e um marido ao lado. Só pensa que se não tivesse sido burra isso seria uma realidade. Mas já passou, aprendeu e continuou a vida.

Continuou dessa maneira meio rabugenta, mas no fundo também meio esperançosa. Vive dizendo por aí que está cansada de tudo, mas é só a sua maneira de dizer que está cansada de esperar. Esperar que ele volte pra sua vida. O amor e tudo mais.

Comentários

  1. Gostei do texto, bem interessante. Beijão <3

    www.detalhesamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Adoreiiii
    seguindoo
    http://something-over.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. lindo o texto, imaginei tudo certinho,vc prende as leitoras^^

    http://conectadas2.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Lindo o texto, ai ser rabugenta é meu pior defeito sério :(
    vestindo-ideias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Concordo com o que você disse, o segundo parágrafo foi o meu favorito! Beijos =)

    NOSSO CAPRICHO
    apsmass.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Me identifiquei bastante com texto, me vi em muitas partes.
    Suuper lindos.

    http://iasmincruz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Cara esse texto me descreveu completamente :c
    Amei.
    Beijos ♥

    DearItGirl.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá, gostei muito do seu texto, você escreve muito bem, e bom, no meu blog estamos com uma tag em que postamos os texto de outros blogueiros, então se você se interessar mande um e-mail para taynaerose@hotmail.com com o texto que você deseja que eu poste no meu blog. Olha esse é um link de um dos texto de outra blogueira que eu postei: http://pstayna.blogspot.com.br/2013/05/voce-escreve-hopeless-romantic-thais.html de uma olhada quem sabe você não se interessa, já estou seguindo seu blog, beijos :*.

    Meu blog: http://pstayna.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Muito lindo o texto, um dos melhores... Me identifiquei em parte :/

    http://nossoblogsecreto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. ai que lindo o texto *-*



    http://www.fugindodarotina.xpg.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Já passei por isso mas superei. Não fique presa a essas esperas que nunca chegam.

    www.cindereladementira.com.br

    ResponderExcluir
  12. Eu me identifiquei com o texto,de verdade. :/

    www.em-teusbracos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. esse texto me descreve, apenas.
    parabéns, você escreve muito bem, merece todo o sucesso do mundo com o blog!
    bezus ♥

    criei-moda.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Olá, Deus te abençoe, o post esta muito bom, o seu blog é lindo sucesso, já estou te seguindo OBRIGADO PELA VISITA.
    Curta e participe do meu blog, fan Page, twitter, instragam e canal do youtube.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Eu começo a ler os seus textos e não consigo parar, sério! São lindos, profundos e inspiradores!!

    Beijinhos, Garota Inocente

    ResponderExcluir
  16. Adorei o texto e combinou comigo. Ando meio rabugenta, mas também bem esperançosa.

    Aproveita e confere no meu blogger a Tag: Produtos do Momento. Adorei mostrar meus produtos do momento.

    Beijinhos de luz =***

    Cllara Maranhão ʚɞ
    http://cllaramaranhao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Todo mundo só sabe criticar as pessoas sem saber da história por trás delas... :(
    O ultimo paragrafo foi o meu favorito.
    Amei o texto :3
    http://ceudeoutubro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Adorei o texto!
    beijos

    marinaalessandra.blogspot.com
    @mariinaale
    @maioordeidade

    ResponderExcluir
  19. Eu sou assim! Rabugenta, mas com a esperança sempre dentro de mim! Ótimo Final de Semana, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    http://paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Me fez lembrar de como eu era...

    ResponderExcluir
  21. Oi Maria, tudo bom?
    Poxa que texto lindo, triste e profundo, me fez lembrar de algumas coisas...
    Adorei mesmo!
    Beijos

    Tem post novo e promoção lá no blog!
    endless-poem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Oi, amei o seu blog, super legal o texto e ele muito lindo*-*
    quero te convidar para conhecer o meu blog:
    http://maluquice-de-garota.blogspot.com.br/
    e também para conhecer o PHOTO BY GIRL( uma maneira fácil de divulgar o seu blog e de mostrar o seu gosto por moda:D)
    http://maluquice-de-garota.blogspot.com.br/p/photo-by-girl.html
    To esperando você , beijokinhasss :)

    ResponderExcluir
  23. Oii retribuindo a visita! Seus texto são otimos. Esse trechinho é falou td "só criticam o seu jeito tão sério de levar a vida. Ninguém pergunta ou se interessa."

    Post Novo visita? ~> feriasde-outono.blogspot.com.br/
    Fã Page Curti? https://www.facebook.com/pages/F%C3%A9rias-de-Outono/401291603276100

    ResponderExcluir
  24. Nossa adorei o texto! Apesar de tudo, sempre tem esperança :)

    Adolecentro

    ResponderExcluir
  25. nossa amei o texto *-* acho que muitas se identificaram com ele.
    já to seguindo flor

    http://perigosas-garotas.blogspot.com.br/

    https://www.facebook.com/PerigosasGarotas

    ResponderExcluir
  26. Nossa texto meio triste, mas também bonito. Minha cabeça foi a mil a que imaginando maiores histórias para ele, rs.

    Bem legal o blog, to seguindo

    Té mais...
    http://bmelo42.blogspot.com.br/ (se der, d á uma passadinha lá também ^^)

    ResponderExcluir
  27. De todos seus textos, esse foi o que eu me identifiquei mais!

    "Ninguém entende, pelo contrário, só criticam o seu jeito tão sério de levar a vida. Ninguém pergunta ou se interessa. Ouço até dizerem que ela nunca vai arranjar alguém. Mas ela sabe o porquê de ser assim, sabe que isso foi consequência inevitável. Sabe que quando a gente perde a última coisa que queria perder na vida, tudo se torna mais amargo. O problema é que nunca fez questão de explicar a ninguém, afinal, o que poderiam fazer para ajudá-la?"

    Cara, eu passo aqui no seu blog todos os dias, suas palavras são incrivelmente perfeitas. Sou apaixonada pelo blog hehe

    Beijos
    osdetalhesdeumavida.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que coisa mais linda de se ouvir Raissa, obrigada mesmo pelo carinho!!
      Espero nunca te decepcionar :)

      miragem-real.blogspot.com.br

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabe o que você quer?

Depois de muito tempo sendo apenas passageira, vivendo totalmente sem rumo e sem um lugar para voltar, eu preciso de algumas certezas. Coisa boba, do tipo, o que você quer no momento? Digo, comigo. Com a vida. Com o amor. Está tudo envolvido, espero que saiba. Tudo ligado, mas também facilmente desligado, se for necessário . É que o seu jeito é uma junção de tudo que eu adoro, mas o meu jeito extrovertido é o que mais chama atenção em mim. O seu sorriso é lindo, mas o meu vive sendo elogiado também. Os seus olhos são claros e vivos, mas o meu são brilhosos e me revelam muito facilmente. Gosto do seu estilo e também do meu. A questão é que, todas essas coisas são superficiais ao mesmo tempo em que denunciam logo quando tem algo errado com a gente, já percebeu? Não quero sofrer novamente. Não quero me fechar, não quero perder o meu sorriso, não quero que as lágrimas inundem o meu rosto e principalmente, não quero passar a voltar a usar moletom. E engordar, me afundar, embara

2013

2013 . Quem se atreve a dizer que foi o melhor ou pior ano da sua vida? Se você consegue, sorte a sua! Para mim, confesso, ainda não consegui nem me decidir se foi um ano bom ou um ano ruim. Foi um dos anos que mais aconteceram coisas, muitas surpresas, decepções, novidades, recomeços...  Percebi que foram 365 dias bem divididos entre dias maravilhosos e dias tristes. E em cada área da minha vida tudo foi acontecendo de uma forma diferente da que eu esperava. Eu achei que em certo ramo estava estável e muito bem resolvida, mas exatamente nessa a vida me deu uma rasteira braba. Onde eu desejava tanto que algo acontecesse, não vi mudanças. Batalhei por objetivos que não foram alcançados, mas fui recompensada com surpresas incríveis.  E hoje eu posso ver que sobrou um imenso aprendizado. Aprendizado da vida, de mim mesma, das pessoas. Foi o ano em que mais fui exigida! Emocionalmente, com certeza. Mas também nas minhas responsabilidades, nas minhas relações, na minha mente

Não estou indo para a forca!

Hoje o dia acordou cinzento e ensopado. Isso é diretamente responsável por 30% do meu mau humor matinal, tem coisa mais desanimadora do que acordar cedo no frio e com chuva? Liguei o chuveiro na temperatura pelando e sem pensar em horário, tomei um banho longo com o intuito de relaxar. Fiz um coração (e ainda escrevi a letra P) no espelho embaçado por causa do calor e após me arrumar, desci para tomar o meu café da manhã. Mamãe me deu um bom dia animado – mais que o normal. Papai apenas olhou para mim e sorriu de lado. E a minha irmã a essa hora ainda nem tinha levantado. Na televisão falava sobre exercícios importantes para o cérebro se manter ativo. Descobri que o meu deve estar para lá de sarado, porque a dica número um é ler . Enquanto o meu pão esquentava, eu arrumava a minha mochila para o longo e novo dia que estava por vir. Peguei o meu fone, “A Última Carta de Amor”, livro que estou lendo no momento e a minha carteira. Basicamente é disso que eu preciso. O celular já estava