Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2015

Pelo simples fato de valer a pena guardar.

Sabe o que é? Eu desisti de tentar te esquecer. De querer te transformar em nada, como se você nunca tivesse existido e feito parte da minha vida. A gente tem cada ideia, né? Besteira. Se quer saber de uma coisa, isso é impossível. Como eu sei também que será impossível você me esquecer, mesmo quando é isso que você mais quer também.
Eu vou escutar uma de nossas músicas preferidas e lembrar de você. Como ainda lembro do quanto você ama mate e poderia comer queijo toda hora. O lugar do nosso primeiro beijo, confesso, ainda me deixa arrepiada sempre que estou lá. Também tenho memórias de nossas viagens, das nossas manias, inclusive, da sua de me deixar falando sozinha em nossas brigas. Não me esqueço da decepção que você foi para mim e das noites em claro que passei chorando por sua causa.
Porque o que acontece é que a vida realmente segue, o mundo gira, o tal do “tudo passa” é verdade. Nunca mais chorei e nem tenho vontade de reviver. Mas a gente não esquece de quem um dia já amamos. E s…