01 fevereiro 2017

Diz aí.


Sinto e minto
Não falo porque já sou tua
E tu saberia o que fazer
Com minha alma
nua?

Amo e fujo
Não me entrego porque senão eu fico
E tu gostaria de conviver
Comigo assim
infindo?