Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2016

Deixa ir, deixa vir.

Faz algum tempo que eu não recebo notícias daquele que um dia foi o amor da minha vida. De um tempo pra cá, as pessoas pararam de citá-lo no meio da conversa e talvez esse seja um sinal de que estamos mesmo perdendo o vínculo, né? Parece que as pessoas esqueceram que nós já estivemos juntos, parece que nossa história, definitivamente, chegou ao fim.
Confesso que é estranho perceber como o tempo realmente passa. Por mais idiota que isso possa parecer e é mesmo, eu tentei resistir. Tentei, obviamente em vão, mas eu tentei. Não queria escrever uma nova história e muito menos queria que ele escrevesse uma também. Não sem mim, não sem os nossos planos arquitetados nas madrugadas juntos. 
E, no entanto, dia após dia, eu continuava vivendo aqui e ele lá. E é exatamente entre o fim e o recomeço que definimos quem somos e o que queremos. É um momento de autoconhecimento, de respeito a si mesmo e de decidir se subimos ou descemos um pouquinho mais para o fundo do poço. Eu fiz a minha escolha.

E fi…