20 dezembro 2016

Faça da tua gratidão a tua força para continuar.


Tá todo mundo ansioso para a virada do ano. Dessa vez, quase como uma unanimidade, as pessoas querem desesperadamente se despedir de 2016 por ter sido um ano realmente recheado de histórias tristes. 

Casamentos e namoros que chegaram ao fim, tragédias (entre fatalidades e terrorismos) em grande escala no mundo todo, além de muitas mortes individuais importantes, eleições com resultados assustadores, sem contar a luta diária de cada um, ufa, com tudo isso, a #acaba2016 ou similares estão bombando. Definitivamente foi um período que marcou, e, para a maioria, não foi positivamente. 

Mas me desculpem, eu não entrei nessa onda e acho uma injustiça danada colocar toda a culpa no período que está terminando. Não que eu seja alheia às dores do mundo, não que os últimos doze meses tenham sido muito fáceis e tranquilos para mim. Pelo contrário, tomei muita porrada e ele está terminando bem complicado. 

Mas um ano são apenas 365 dias, às vezes 366. E no próximo dia primeiro de Janeiro, será o 367º dia e por aí vai. Só isso. Não tem mágica, não tem um reset do ano anterior, nada vai mudar de uma hora para outra. Renovar as esperanças é incrível e necessário, mas aliado a isso, melhor ainda é encontrar motivos para agradecer pelo que passou. Entre tanta coisa doída - mesmo a lista sendo bem grandinha, tu tem certeza que o ano não valeu de nada? Nadinha mesmo? Não realizou nem um sonho, não conseguiu passar por nem uma provação importante, não conheceu ninguém especial (amizade conta e muito!), não fez uma viagem bacana, não percebeu que o mundo se lembrou do que era solidariedade, não se sentiu sortudo nem uma vez? 

Vamos, faz uma forcinha, coloca no papel, faz a sua reflexão, mas com bons olhos, coração aberto para chorar e sorrir. E no final, faça da tua gratidão a tua oração para um ano melhor. Faça da tua gratidão a tua vontade de alcançar mais, fazer mais, mudar mais. Faça da tua gratidão a tua humildade, a transformação da tua percepção de mundo. Faça da tua gratidão a tua força para continuar. A vida é uma imensa maré, se hoje estamos em um período conturbado, não vai tardar para um período de paz voltar. O que a gente pode fazer a não ser confiar nisso?