Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2013

Não tenha medo de amar.

Uma coisa que eu aprendi a não ter medo é de amar. Sabe, igual todas as meninas tem? Preferem crucificar os homens, postar textos do Caio Fernando Abreu no Facebook e fica oscilando entre fingir ter amor-próprio e gritar ao mundo o quanto está sofrendo por um babaca qualquer. Parece que é mais fácil reclamar do que mudar uma realidade. Do que arriscar novamente.

Azar do cara que te largou, que te trocou, que te fez sofrer. Bola para frente, ele não é o último homem da face terra e pensando pelo lado positivo, menos um idiota que encontrará pelo caminho. Sua chance de esbarrar com alguém bacana aumentou em alguns por centos, não vê?

Generalizar que todos os homens não valem nada, que a vida é injusta, que você nunca mais vai querer outro relacionamento, sinceramente, não vai adiantar de nada. Quando o amor chegar novamente, não vai ter como fugir e tendo essas besteiras como pensamento, só vai atrasar (ou até mesmo estragar) toda uma história que te estava reservada. Você vai ficar se …

Vida de solteira, sabe como é.

Sabe dia de chuva? Digo, chuva mesmo, com vento, que molha a gente por completo e ainda quebra o guarda-chuva? Então. Esses dias geralmente acontecem quando eu tenho algo de importante, realmente importante. Muito importante de verdade. E semana passada eu tinha. Um encontro.
Não é para achar graça, porque para certas pessoas um encontro é algo comum. Mas para mim é algo extraordinário. Primeiro porque sou encalhada e quando pinta a oportunidade, tenho que aproveitar. Segundo porque eu acredito que encontrarei o amor da minha vida em cada um deles. Onde mais encontraria?
Quando saí de casa para trabalhar, o céu ainda estava azul. Mas após o almoço, o tempo mudou radicalmente e para minha sorte, começou a chover. Ventar. Relampejar. Trovejar. Ele não ligou cancelando o jantar (mas também não confirmou), o que me tranquilizou e me apavorou ao mesmo tempo.
Atravessando a rua mais movimentada do centro da cidade, o meu guarda-chuva quebrou, com isso, o resto da minha escova acabara de ir emb…

Projeto 101 coisas em 1001 dias.

Bom, depois de ver muitas blogueiras participando desse projeto e como eu achei que ele tem um objetivo muito bacana para todas as pessoas, decidi me render. 

O projeto foi criado pelo Michael Green em 2005, e logo depois traduzido pela Patrícia Muller. Ele consiste, basicamente, em uma lista com 101 coisas que você deseja fazer nesse período de 1001 dias. Desde ler um livro até uma viagem dos sonhos. Claro, tentando ser o mais realista possível. É incrível como pode te incentivar a fazer aquilo que estamos enrolando há tanto tempo...
Para mim, será um desafio ENORME, mas espero de coração conseguir realizar todas (ou a grande maioria) das coisas listadas aqui. Sem mais delongas, vamos ao que interessa!

Início: 23/08/2013 Término: 13/04/201
Passar em um concursoAtingir a marca de 5 mil curtidas na minha página do FacebookLançar um livroLer 50 livrosIr a DisneyIr a ArgentinaIr a Aparecida do NorteFazer uma viagem só com a minha famíliaFazer uma viagem só com meus amigosFazer uma viagem româ…

Feito porta giratória.

Entrei pela porta giratória do banco, xingando em pensamento por tudo de metal que eu tive que tirar da bolsa. Percebi que, propositalmente ou não, praticamente tudo de necessário é feito de metal e é inconveniente demais tirar cada um desses objetos e colocar naquele compartimento oval da porta. Celular, chave, guarda chuva, caneta, até a camisinha. Quão constrangedor isso pode ser? Pego AIDS ou entro tranquilamente no banco? Eis a questão.
Todas as filas estavam imensas e isso porque era a primeira semana do mês. Eu também não sei por que diabos eu decidir ir ao banco de manhã cedo (pessoas de idade adoram acordar cedo e esperar o banco abrir) e porque diabos eu não poderia ir a um caixa do banco 24 horas em algum posto de gasolina falido. Agora deixa para lá, pensei.
Posicionada na fila que eu provavelmente iria passar alguns longos minutos, sendo bem otimista, fiz a lista mental de tudo que eu iria fazer quando chegasse a minha vez. Já estava aqui e enfrentarei uma fila quilométrica…

Bilhetes.

Que eu consiga fazer alguma diferença no seu dia com essas pequenas frases inspiradoras :)



Uma hora o drama acaba.

Já passou das duas horas da manhã e eu continuo sentada na minha cama, apenas com o abajur aceso, uma xícara de chocolate quente e o meu velho caderno no colo. Continuo escrevendo sobre você, pensando em você, querendo você para mim. Um dia mamãe me disse ‘você é muito antiquada, menina’ e eu que antes batia o pé, hoje, bem baixinho, posso dizer que ela tem razão.
Suas palavras tem mais força do que pode imaginar, sabe disso? Você nem deve se lembrar que me disse uma vez que eu era a mulher mais bonita que já conheceu. Eu me lembro dessa e de todas as outras frases, eu me lembro de todos os detalhes, mas hoje nada faz sentido. E eu devia esquecer. Mas sou romântica. Sou estúpida. Sou boba. E tudo isso junto, nunca poderia dar em boa coisa.
E por isso, continuo escrevendo textos que ao amanhecer, jogarei no lixo. Afinal, quem iria querer lê-los? Nem eu, confesso. Primeiro porque não me fariam bem, segundo porque são ruins. Falta coerência e são muito clichês. Mas a verdade é que todos os…

Vou permanecer quietinha.

Vou continuar e deixar tudo dessa mesma forma. Não vou mudar os móveis de lugar, muito menos pintar a parede com a minha cor preferida – já que é a sua que está lá. Não vou tirar o pay per view da TV, porque eu também gosto de assistir aos jogos de futebol. E também não vou comprar uma cama menor, apesar de achar que essa parece muito maior sem você aqui.
Não vou mudar meus costumes, não vou mudar o que eu sou, o meu canto, a minha vida. Ela era assim, sabe? Antes de você chegar. Você acrescentou detalhes seus, você me ajudou a me descobrir, você me fez companhia. Mas nunca foi o centro do meu mundo. Tento me lembrar disso a todo segundo, para que eu tenha certeza de que logo tudo vai voltar a ser como sempre foi. Antes de você.
E por mais que de vez em quando eu tenha algumas recaídas bobas, tenha vontade de pintar a tal parede de preto - só para fazer drama - e de sair desse país, vou permanecer quietinha. Chorar só a noite antes de dormir, estrangular só o ursinho que você uma vez me…

Tenho mais do que pensava.

Estou desempregada e acho que dessa forma as coisas se tornam mais difíceis. No quesito autossatisfação porque não posso fazer compras, no quesito amor porque realmente me sinto um lixo sem poder ir ao salão e no quesito pessoa mesmo e a explicação desse é óbvia.
Mas mesmo assim fui convidada a ir a uma festa interessante, em um hotel chique da cidade. A minha família tem dinheiro, que fique claro. O que não significa que eu tenha, porque desde o dia em que a minha rebeldia falou mais alto e decidi sair de casa, o que é deles é deles e o que é meu – se é que eu tenho alguma coisa – é meu. Separação total de bens.
Cheguei lá com vestido lindo de uma grande amiga minha. Virou minha amiga exatamente dessa forma, quando pedi pela primeira vez, uma roupa emprestada dela. Prova de amizade, na minha opinião. Confiança na pessoa. Enfim, cheguei abalando e de nariz empinado, ninguém precisava saber que eu estava na merda.
Sentei a mesa com a minha família, uns queridos, principalmente a minha irm…

Bilhetes.

Mais um dia recheado de bilhetinhos que traduzem os nossos sentimentos :)