Pular para o conteúdo principal

Provavelmente interessante.


Foi em um dia de Sol quente que eu o conheci. Não imagine uma cena em Copacabana e água de coco (ou cervejinha gelada). Foi no Centro da Cidade, blusa grudando nas costas e suor escorrendo pela testa. Nem todo carioca mora de frente para praia, pessoal. E alguns, vejam só, ainda trabalham duro na maior parte do tempo.

Era horário de almoço e eu nunca sinto fome quando está muito quente. Só me dá vontade de entornar litros de qualquer líquido estupidamente gelado. E eu estava em uma dessas lanchonetes de esquina, tomando um suco de laranja de 500ml com bastante gelo, como pedi ao atendente, para ver se me refrescava um pouco.

E ele, se posicionou ao meu lado, vestindo um terno preto e pediu a mesma coisa que eu. Sorrimos um para o outro, sendo simpáticos. Vocês também fazem isso? Igual quando falamos “da licença” quando se senta ao lado de alguém no banco do ônibus, sabe? Simpatia e educação.

Era branquinho, olhos e cabelos castanhos e tinha um sorriso tímido. Nem todos os homens bonitos são loiros de olhos verdes viu! Reparei que ele segurava uma pasta em sua mão, sabe? Provavelmente processos. Provavelmente estudante de direito. Provavelmente interessante.

Infelizmente, como já mencionei, a maioria de nós trabalha duro e eu não poderia admirá-lo por mais muito tempo. Uma pena. Saí de lá e fui para as últimas quatro horas restantes para acabar a minha jornada de trabalho do dia.

Não sei o nome dele e não teve continuação essa história. Vai dizer que vocês nunca encontraram uma pessoa que chamou a sua atenção de cara, mas parou por aí? Sobrando apenas um suspiro e um sorriso.

Comentários

  1. E um texto e uma lembrança.

    http://o-doce-mundo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu sempre encontro pessoas que chamam a atenção e para por aí, sempre. E é tão bom quando acontece porque diverte a gente.
    http://doisquintos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Gente que texto lindo , amei ♥
    http://sonhando-porai.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. todas nós né?! adoorei!
    ps: primeiro post da nova categoria do blog, passa lá <3

    pedacosdelembrancas.blogspot.com.br/2013/09/entre-blogueiras-e-nao-adianta-nem-me.html

    ResponderExcluir
  5. Eu encontro pessoas assim, no trem tipo direto hahaa
    vestindo-ideias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Muito legal teu blog, parabéns bjinhos
    passa?
    tardes-de-outono-perfect.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Comigo sempre me chama muita atenção o estilo da pessoa.

    http://almostthemoon.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. É que eu tô resolvendo cursar Letras e gostaria de saber um pouco do curso por quem tá fazendo :) Tá em que periodo? O que tá achando do curso? ~curiosa~

    doceesconderijo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah sim, poxa, comecei agora! rs Tem duas semanas só... Eu to gostando bastante sabe? Mas tem que ler muuuuuuuito rs

      Excluir
  9. Olá! Que lindo!!!

    Você também é do RJ?

    Estou te seguindo, me segue também? Me seguindo, seu blog será adicionado à minha lista de blogs.

    Beijos e sucesso!

    www.teoriasdoleaodamontanha.com.br

    ResponderExcluir
  10. Não gosto muito quando leio textos que me dão nostalgia haha
    Um beijo

    Ps: não é por que não gosto de ler textos nostálgicos (pra mim) que não esteja bom,ficou lindo!

    ResponderExcluir
  11. Quando é assim, eu costumo ficar dias pensando no "e se". Não que eu quisesse realmente ter feito alguma coisa, mas gosto de fantasiar com a possibilidade, sabe?

    Um beijo

    www.kvcomvoce.com

    ResponderExcluir
  12. Isso sempre acontece comigo, depois fico pensando em como seria se essas situações não ficassem só em olhares... Sei lá, gosto de imaginar os momentos! rs

    osdetalhesdeumavida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo joia?!
    Está lindo seu blog, já estou te seguindo...
    Segue o meu tbm, eu iria adorar!!!
    http://manyelly.blogspot.com.br/
    http://www.pinterest.com/manyelly/
    Sucesso para você!!!
    Bjo

    ResponderExcluir
  14. Isso acontece mesmo. Uma situação que a gente admira como um artigo de luxo, mas não necessariamente seja com vontade consumo. rsrsrs.


    Beijos
    manuellamontesanto.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Eu achei que teria uma continuação com uma história de amor.. mas amei o texto.
    Porque é mais fácil acontecer assim.
    Beijos, Aline
    http://24diasdeprimavera.wordpress.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabe o que você quer?

Depois de muito tempo sendo apenas passageira, vivendo totalmente sem rumo e sem um lugar para voltar, eu preciso de algumas certezas. Coisa boba, do tipo, o que você quer no momento? Digo, comigo. Com a vida. Com o amor. Está tudo envolvido, espero que saiba. Tudo ligado, mas também facilmente desligado, se for necessário . É que o seu jeito é uma junção de tudo que eu adoro, mas o meu jeito extrovertido é o que mais chama atenção em mim. O seu sorriso é lindo, mas o meu vive sendo elogiado também. Os seus olhos são claros e vivos, mas o meu são brilhosos e me revelam muito facilmente. Gosto do seu estilo e também do meu. A questão é que, todas essas coisas são superficiais ao mesmo tempo em que denunciam logo quando tem algo errado com a gente, já percebeu? Não quero sofrer novamente. Não quero me fechar, não quero perder o meu sorriso, não quero que as lágrimas inundem o meu rosto e principalmente, não quero passar a voltar a usar moletom. E engordar, me afundar, embara

Não estou indo para a forca!

Hoje o dia acordou cinzento e ensopado. Isso é diretamente responsável por 30% do meu mau humor matinal, tem coisa mais desanimadora do que acordar cedo no frio e com chuva? Liguei o chuveiro na temperatura pelando e sem pensar em horário, tomei um banho longo com o intuito de relaxar. Fiz um coração (e ainda escrevi a letra P) no espelho embaçado por causa do calor e após me arrumar, desci para tomar o meu café da manhã. Mamãe me deu um bom dia animado – mais que o normal. Papai apenas olhou para mim e sorriu de lado. E a minha irmã a essa hora ainda nem tinha levantado. Na televisão falava sobre exercícios importantes para o cérebro se manter ativo. Descobri que o meu deve estar para lá de sarado, porque a dica número um é ler . Enquanto o meu pão esquentava, eu arrumava a minha mochila para o longo e novo dia que estava por vir. Peguei o meu fone, “A Última Carta de Amor”, livro que estou lendo no momento e a minha carteira. Basicamente é disso que eu preciso. O celular já estava

2013

2013 . Quem se atreve a dizer que foi o melhor ou pior ano da sua vida? Se você consegue, sorte a sua! Para mim, confesso, ainda não consegui nem me decidir se foi um ano bom ou um ano ruim. Foi um dos anos que mais aconteceram coisas, muitas surpresas, decepções, novidades, recomeços...  Percebi que foram 365 dias bem divididos entre dias maravilhosos e dias tristes. E em cada área da minha vida tudo foi acontecendo de uma forma diferente da que eu esperava. Eu achei que em certo ramo estava estável e muito bem resolvida, mas exatamente nessa a vida me deu uma rasteira braba. Onde eu desejava tanto que algo acontecesse, não vi mudanças. Batalhei por objetivos que não foram alcançados, mas fui recompensada com surpresas incríveis.  E hoje eu posso ver que sobrou um imenso aprendizado. Aprendizado da vida, de mim mesma, das pessoas. Foi o ano em que mais fui exigida! Emocionalmente, com certeza. Mas também nas minhas responsabilidades, nas minhas relações, na minha mente