14 julho 2014

O amor acaba.


Amor acaba. Assim como tudo na vida, e eu aprendi isso com John Green, as coisas são construídas para depois desmoronar. É um pouco trágico e assustador pensar na vida dessa forma, mas ao mesmo tempo, é reconfortante. É, talvez, uma explicação plausível para tudo que aconteceu.

O nosso amor acabou. Digo o nosso e não o seu, porque o amor de verdade é vivido a dois, quando somente um ama, se chama outra coisa. E eu não vou dizer o que é, porque também não sei. Só sei que dói (e quem sabe esse sentimento se chame dor?). Só sei que traz um desespero um pouquinho sufocante. É como querer gritar, mas lembrar que está rouco, sabe?

O nosso amor acabou. Aos poucos e tão rápido! Não tive chance de tentar reverter a situação. Não deu tempo de correr atrás e arrastá-lo de volta (nem que tivesse sido a força). Não deu. E ter de me acostumar com os seus olhos sem brilho foi a pior coisa que eu já experimentei. Aceitar que eu não era mais a causa da sua respiração descontrolada e do seu sorriso mais sincero foi a parte mais difícil de todo o nosso fim.

O nosso amor acabou. Mas eu nunca me culpei, porque a gente simplesmente vai vivendo e fazendo as coisas conforme vai dando vontade, conforme as situações nos permitem, conforme tem de ser. Eu errei tanto, e ainda assim, tenho certeza que acertei muito mais. Tenho a minha consciência tranquila, porque eu fiz tudo que estava ao meu alcance para que desse certo. Além do mais, você me fez prometer que eu não me sentiria culpada, e eu estou cumprindo, rapaz.

O nosso amor acabou. E eu também não te culpo. Não mais. Hoje eu sei e aprendi a aceitar que sim, amor acaba. Sem maiores explicações, sem drama desnecessário, sem tanto peso nas costas de um ou de outro. Acaba, só isso.

Comente com o Facebook:

26 comentários:

  1. Me identifiquei com o texto (somo sempre) hahahaha, estamos em sintonia nos sentimentos não é possivel isso...

    ResponderExcluir
  2. Eu acredito que o amor não acaba, o que acaba é a paixão e a atração o desejo esses sentimentos derivados, mas o amor é eterno (minha opinião)
    Tem resenha no blog BeijoOoO
    Blog Livros com café

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já acreditei nisso também...
      E espero que não mude sua opinião! É melhor viver acreditando nisso!

      Excluir
  3. lindo texto , realmente tudo acaba assim como o amor já tive paixões que era tudo lindo depois chegava ao fim www.mandaliveira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Que texto lindo. O amor realmente acaba. Sei lá. Eu acredito em amor a primeira vista, sabe todas essas coisa.
    http://pensamentosdefabs.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Realmente o amor pode acabar, afinal as coisas podem sim ser destruídas. Amei seu texto ^^

    http://passaro-de-inverno.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Tá aí uma coisa que eu não sabia, é verdade que o amor acaba?
    Me lembrei de um casal que conheço que, ao completar 50 anos de casados, o marido disse mais ou menos assim "quanto mais convivo com ela (esposa), mais eu me apaixono"! Então, se o amor realmente acaba, as lembranças de uma vida juntos devem ser suficientes pra que "não acabe".
    Enfim, só vivendo mesmo pra saber, né?

    Beijo, com Deus!
    http://tudo-oquesou.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que eu quiser dizer com esse texto é que o amor pode acabar sim. Existem amores que duram uma vida toda, outros que duram um ano. O que não significa que o segundo não seja amor, entende? Eu acredito que existam diversos tipos de amores e não devemos desmerecer os que duram menos. Era amor também, só acabou mais rápido.
      Mas sim, só vivendo! São minhas suposições, mas que crédito eu tenho, tendo apenas 21 anos? Vi nada da vida ainda! rs

      Excluir
  7. ótimo texto... é duro aceitar quando um amor acaba mais a vida tem dessas coisas.
    Bola pra frente sempre!
    Beijos :*

    http://www.aqueladosviinte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. "e eu aprendi isso com John Green", HAHA. O que mais me frustra nos livros dele é que nunca têm um final definitivo, sempre sofro com isso...
    Sou de acreditar no amor (mas não pra mim). Mas é, às vezes ele acaba. É só a vida seguindo em frente, eu acho.

    Tá rolando um sorteio lá no meu blog, passa lá e vê se te interessa!

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aprendi mesmo!!! rs Já leu Quem é Você, Alasca?
      Também acho... As coisas mudam, faz parte.

      Excluir
  9. Ai linda, amei o texto e o seu blog, sucesso.

    http://henryquemckenziee.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. A partir do momento que você aceita que sentimentos morrem, acabam, dormem, enfim, mudam, a sua vida passa a ser mais leve e você não se cobra tanto, nem cobra a outra pessoa haha
    Enfim, adorei o texto.

    Um beijo,
    Isabella
    The Urban Trends

    ResponderExcluir
  11. Muito bom o texto, o amor é um sentimento incrivel né?! Mais como tudo nesse mundo infelismente um dia ele acaba.

    Tem Promoção no Mix: Promos Os Heróis do Olimpo | Mixação

    ResponderExcluir
  12. Que texto lindo! É bom desapegar e aceitar as coisas, né? Sentimentos são assim mesmo, começam e acabam, que nem histórias e tudo mais que existe no mundo. Amei mesmo ♥
    http://totalmenteanta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir