Pular para o conteúdo principal

Busca sem sentido.


Toda vez que eu fecho os olhos, eles se abrem pra você. Toda vez que eu durmo para te esquecer, os meus sonhos te trazem pra mim. Parece ironia, parece injusto, mas cheguei à conclusão de que não, é apenas a vida me lembrando que eu não consigo sem você.
Te deixei, disse que precisava de um tempo sozinha. Queria navegar pelo mundo, descobrir terras novas. E realmente eu descobri muita coisa. Descobri que lá fora é tudo mais complicado e sombrio. Descobri que as pessoas não sorriam com tanta facilidade e que o amor andava sumido para muita gente e foi nessa que a minha ficha caiu. Elas estavam buscando por algo de que eu estava fugindo,

que sentido isso tem?
Demorou demais para que eu percebesse que eu tinha tudo que eu precisava bem ao meu lado. Não levei a sério a lei simples da vida de que toda escolha tem uma consequência e a minha, bem, não demorou muito para chegar. Eu te deixei escapar. Te deixei livre demais e com isso, te perdi. Soube que você está feliz e que tem sido visto com uma nova garota por aí. Quem sabe ela não te dê o seu devido valor? Enquanto eu ficarei aqui torcendo para que exista outro cara como você pelo mundo.

Comentários

  1. Adorei o post, e o blog tá lindo ^-^
    Passa pelo meu blog, e se quiser, deixa um comentário por favor? Link: http://lala-mh-ecologico.blogspot.com.br/ Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oii..
    Nossa amei seu post,estou sempre acompanhando a sua pagina e estou encantada pois está com muitas novidades sempre.
    depois de uma passadinha no meu blog pois tbm estou cheia de novidades..

    Beijocas.

    www.meninasabida.com.br

    ResponderExcluir
  3. É triste quando tudo faz lembrarmos de um alguém que queremos esquecer né.
    Beijos

    sonhosdegarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Lindo texto!!!
    Muito bem escrito!!!

    Beijos
    http://desfilerosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Belo texto!
    beijos

    marinaalessandra.blogspot.com
    @mariinaale
    @maioordeidade

    ResponderExcluir
  6. Carol,
    Preciso te dizer que estou me tornado super fã dos seus textos. Juro! Me fazem pensar na vida. Refletir nas coisas boas e ruins.

    Parabéns por mais um texto maravilhoso.
    Beijos.
    www.mundodavee.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Como sempre.. arrasando nos textos!! Beijinhos..

    www.rolamuito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. você escreve tão bem, queria ser assim como você.. :)

    ResponderExcluir
  9. Lindo seu blog, bjo
    Me segue de volta, pff, obrigado
    http://dicasfemininasetc.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Que lindooooo!
    Estou encantada com seu blog!
    Parabéns

    Beijo

    http://oacucareiro.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  11. Olá :)

    Belas palavras!
    As decepções colabora para o amadurecimento de uma pessoa!

    Estou seguindo. Aguardo sua visita ^^

    Beijos =*

    http://www.girlsupimpa.com/

    ResponderExcluir
  12. Te respondi lá no blog e vim dizer aqui também.

    E os elogios são sempre verdadeiros. AMO seus textos. De verdade!

    Beijos
    mundodavee.blogspot.com.b

    ResponderExcluir
  13. P-E-R-F-E-I-T-O!!
    Me identifiquei muito com o que estou passando agora... Parabéns!

    Beijinhos! :*

    gotta-be-you-blog.blogspot

    ResponderExcluir
  14. Adorei as cores que você escolheu para o blog. Tô conhecendo aqui ainda ^^ Tô seguindo também.
    Beijos

    http://www.pudimengorda.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Sei como é se sentir assim e é muito ruim viu rsrs ainda mas ver a pessoa que a gente ama com outra, torturante, mas quando não é pra ser, não é rsrs a vida infelizmente é assim :/
    Beijinhos
    Facebook do blog
    conversando-com-a-lua.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. adorei esse texto é a realidade mesmo sei como é isso ;s

    seguindo aqi flor! visita lá e se gostar segue tbm ficarei agradecida :)

    super beijo.

    amigabafao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Você escreve muito bem, e estou cada vez mais apaixonado por seus textos. Meus parabéns! Ah, inclusive ta rolando uma campanha de incentivo a escrita lá no blog. Tá afim de participar? Beijos =D

    NOSSO CAPRICHO
    apsmass.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Cara, eu to sentindo exatamente o que você disse no texto. Estou passando por uma situação parecida, mas sinceramente, vai ser muito difícil encontrar alguém que mereça o valor que eu devia ter dado pra ele... :(
    -xoxo

    http://s2juuh.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Muito eu esse texto! Você escreve muito bem! E obrigada pelas visitas! ;)

    osdetalhesdeumavida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Lindo texto, adorei.

    http://esfriouocafe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Gostei do texto, ficou ótimo!
    Beijão <3

    Está rolando sorteio lá no blog, vem participar *-*

    www.detalhesamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Que lindo esse texto, me identifiquei bastante..
    To te seguindo aqui =)
    Beijos.
    monteolook.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Estou apaixonada pelos seus textos, todos muito bons. Parabéns.
    Flor estou seguindo seu blog, beijos ♥

    Itgirlsiempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. Amei o texto *-* Acho complicado quando deixamos algo de lado por querer conhecer o mundo e acabamos por perceber o quanto isso nos faz falta.
    vestindo-ideias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  25. Seus textos são incríveis, fiquei horas aqui no blog. Continua sempre assim!!!
    Estou seguindo seu blog! beijos e que Deus te abençõe ♥ Like a Rock, Like a Roll | Fan page|Enquete

    Aaah, o blog vai completar 1 ano dia 9/06! clique aqui para mandar a sua homenagem!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabe o que você quer?

Depois de muito tempo sendo apenas passageira, vivendo totalmente sem rumo e sem um lugar para voltar, eu preciso de algumas certezas. Coisa boba, do tipo, o que você quer no momento? Digo, comigo. Com a vida. Com o amor. Está tudo envolvido, espero que saiba. Tudo ligado, mas também facilmente desligado, se for necessário . É que o seu jeito é uma junção de tudo que eu adoro, mas o meu jeito extrovertido é o que mais chama atenção em mim. O seu sorriso é lindo, mas o meu vive sendo elogiado também. Os seus olhos são claros e vivos, mas o meu são brilhosos e me revelam muito facilmente. Gosto do seu estilo e também do meu. A questão é que, todas essas coisas são superficiais ao mesmo tempo em que denunciam logo quando tem algo errado com a gente, já percebeu? Não quero sofrer novamente. Não quero me fechar, não quero perder o meu sorriso, não quero que as lágrimas inundem o meu rosto e principalmente, não quero passar a voltar a usar moletom. E engordar, me afundar, embara

Não estou indo para a forca!

Hoje o dia acordou cinzento e ensopado. Isso é diretamente responsável por 30% do meu mau humor matinal, tem coisa mais desanimadora do que acordar cedo no frio e com chuva? Liguei o chuveiro na temperatura pelando e sem pensar em horário, tomei um banho longo com o intuito de relaxar. Fiz um coração (e ainda escrevi a letra P) no espelho embaçado por causa do calor e após me arrumar, desci para tomar o meu café da manhã. Mamãe me deu um bom dia animado – mais que o normal. Papai apenas olhou para mim e sorriu de lado. E a minha irmã a essa hora ainda nem tinha levantado. Na televisão falava sobre exercícios importantes para o cérebro se manter ativo. Descobri que o meu deve estar para lá de sarado, porque a dica número um é ler . Enquanto o meu pão esquentava, eu arrumava a minha mochila para o longo e novo dia que estava por vir. Peguei o meu fone, “A Última Carta de Amor”, livro que estou lendo no momento e a minha carteira. Basicamente é disso que eu preciso. O celular já estava

2013

2013 . Quem se atreve a dizer que foi o melhor ou pior ano da sua vida? Se você consegue, sorte a sua! Para mim, confesso, ainda não consegui nem me decidir se foi um ano bom ou um ano ruim. Foi um dos anos que mais aconteceram coisas, muitas surpresas, decepções, novidades, recomeços...  Percebi que foram 365 dias bem divididos entre dias maravilhosos e dias tristes. E em cada área da minha vida tudo foi acontecendo de uma forma diferente da que eu esperava. Eu achei que em certo ramo estava estável e muito bem resolvida, mas exatamente nessa a vida me deu uma rasteira braba. Onde eu desejava tanto que algo acontecesse, não vi mudanças. Batalhei por objetivos que não foram alcançados, mas fui recompensada com surpresas incríveis.  E hoje eu posso ver que sobrou um imenso aprendizado. Aprendizado da vida, de mim mesma, das pessoas. Foi o ano em que mais fui exigida! Emocionalmente, com certeza. Mas também nas minhas responsabilidades, nas minhas relações, na minha mente