Pular para o conteúdo principal

Uma hora o drama acaba.


Já passou das duas horas da manhã e eu continuo sentada na minha cama, apenas com o abajur aceso, uma xícara de chocolate quente e o meu velho caderno no colo. Continuo escrevendo sobre você, pensando em você, querendo você para mim. Um dia mamãe me disse ‘você é muito antiquada, menina’ e eu que antes batia o pé, hoje, bem baixinho, posso dizer que ela tem razão.

Suas palavras tem mais força do que pode imaginar, sabe disso? Você nem deve se lembrar que me disse uma vez que eu era a mulher mais bonita que já conheceu. Eu me lembro dessa e de todas as outras frases, eu me lembro de todos os detalhes, mas hoje nada faz sentido. E eu devia esquecer. Mas sou romântica. Sou estúpida. Sou boba. E tudo isso junto, nunca poderia dar em boa coisa.

E por isso, continuo escrevendo textos que ao amanhecer, jogarei no lixo. Afinal, quem iria querer lê-los? Nem eu, confesso. Primeiro porque não me fariam bem, segundo porque são ruins. Falta coerência e são muito clichês. Mas a verdade é que todos os textos que falam de amor são. Porque o amor é. Porque eu sou. Repetitivos e sem lógica.

Vou fazer outra xícara de chocolate, porque essa é outra coisa que faz parte do amor: engordar. E vou deixar as lágrimas escorrerem mais um pouco, para ver se equilibra o meu peso. E vou também dormir só mais três horas até a hora de acordar para ir para o trabalho. E nesse ciclo, uma hora o sono vai falar mais alto e isso aqui vai acabar. Esse show, esse drama toda madrugada. Se o amor não durou para sempre, o sofrimento também não vai durar.

Comentários

  1. Belo texto, eu também acredito nisso. Se o amor não durar para sempre o sofrimento também não irá.

    Confira o Esmalte da Semana. É um esmalte glamouroso, vibrante e eu gosto bastante dessa cor =D

    Beijinhos de luz =***

    Cllara Maranhão ʚɞ
    http://cllaramaranhao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. A última frase resumiu tudo.
    A parte que a mãe disse "vc é muito antiquada" só me lembrou eu com minha mãe. Digamos que sou meio assim...
    AMEI o texto. Perfeitamente.
    beijos
    http://oicarolina.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Carol, acabei de ver seu comentário, haha! O meu prof. também nos mostrou a exposição com os personagens do Maurício, mas eu gostei mais da Barbie, por isso postei, *-*. E quanto a ficar acordada de madrugada... eu sempre fico, por variados motivos, nem sempre por desilusão. Muitas vezes é apenas a minha ansiedade falando mais alto e não me deixando dormir :3
    Love, Nina.
    http://omundocoloridodanina.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha existem diversos motivos para ficarmos acordadas... No caso, a minha personagem, foi a desilusão... :)

      Excluir
  4. Que texto lindo <3 Você escreve muito bem, me identifiquei! Sou romântica e estúpida e isso quase nunca dá bons frutos. Mas, sei lá, ultimamente nem tô achando assim tão ruim. <3

    http://pedrasnaminhajanela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Belo texto...tens o DOM da escrita !!
    Parabéns pela página...

    Beijos
    http://jonathanejonathan.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi amr! Desculpa incomodar assim, mas queria te avisar que ta rolando um sorteio lá no blog e vir te convidar a participar.
    O link é esse: http://himi-tsu.blogspot.com.br/2013/08/sorteio-com-obashop.html
    ;3
    Se não tiver interesse por favor apenas desconsidere meu recado e mais uma vez desculpa o incomodo ♥

    Cecilia Mesquita
    Coffee Drop Blog

    ResponderExcluir
  7. Que texto lindo! E eu concordo. O drama e o sofrimento são coisas pelas quais a gente precisa passar. Mas passar, entrar e sair dessa. Não viver nessa.
    Gostei muito!

    Um beijo
    www.kvcomvoce.com

    ResponderExcluir
  8. Olha, eu realmente espero que isso seja verdade. Todo mundo fala que as coisas sempre passam e acabam, mas, infelizmente, eu realmente não consigo chegar a esse memento. Sei lá, parece que a dor nunca passa. Passa tudo, mas aquilo fica e você chega se acostuma, vira normal. Ou passa mesmo, ou é só convivência.
    http://doisquintos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. "Se o amor não durou para sempre, o sofrimento também não vai durar."

    Verdade! Lindo texto! =)

    osdetalhesdeumavida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Sempre digo isso, que as palavras podem machucar mais que agressão física. Costumo dizer que o tempo, é o senhor de tudo, e justamente, acaba com o amor, mas acaba com o sofrimento também. Ótima Quarta, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Bom texto Maria, tudo passa, é só dar tempo ao tempo.

    Adorável Tédio | Fã Page

    ResponderExcluir
  12. adorei o texto *---*

    Beijos!
    http://meuvicioliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Que texto perfeito é esse?? Essa ultima frase foi perfeita! Nunca tinha pensado nesse ponto de vista..

    Beijinhos, Garota Inocente

    ResponderExcluir
  14. Oi Maria Carolina!
    Adorei o texto, você escreve muito bem!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  15. Adorei o texto, eu acredito que tudo tem o seu tempo, as vezes o que a gente vive hoje a a gente não irá viver amanhã né.
    Beijinhos
    Facebook do blog
    conversando-com-a-lua.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. OMG!!!!!!! QUE PERFEITOOOO!!!!
    Nossa! Sabe, me lembrei de mim! hahahaha
    Muitas vezes passamos horas pensando na pessoa amada....
    Aihn amei, amei, amei!
    Ja sabe, ne? *-*
    Beijinhos, nega!
    Jennifer
    http://queridamaiscafe.com/

    ResponderExcluir
  17. E acab viu, esse drama todo. Passa mais rápido do que agente imgina. O bom disso tudo é que rende histórias, eu pelo menos escrevo melhor quando sofro.
    hahahah
    amei seus textos.
    tem post novo lá no blog.
    beijos,
    barradosno-baile.blogspot.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Sobre o lançamento + sorteio

Oi gente linda, primeiramente eu gostaria de agradecer por tantos comentários no outro post. Foram palavras de incentivo, elogios e vi o quanto vocês realmente ficaram felizes com a minha conquista. Muito, muito obrigada mesmo!

Por esse motivo, sinto-me na obrigação de contar para vocês um pouquinho de como foi lá né? Então, o evento em si foi muito bacana e tive a chance de encontrar com outros autores iniciantes e também com outras publicações, dividindo experiências e trocando conselhos. Um pouco antes do lançamento, teve um bate papo com o diretor da editora, os organizadores das antologias e todos os autores presentes, o que, para mim, foi um momento de muito aprendizado!

Quando chegou a hora do lançamento, foi uma surpresa muito boa! Troca de autógrafos entre os autores da antologia, autógrafos para os convidados e participantes do evento, muuuuuuuitas fotos! Foi um momento muito divertido e descontraído... E eu me senti uma estrela!!! hehe

Bom, foi um experiência muito especial…

Sorte no amor.

Para com essa história de que tem azar no amor. E desde quando existe isso? Coisa mais sem cabimento! É mais fácil você ter azar no jogo mesmo, mas não no amor. Por que? Ele tá aí, disponível até demais e tanta gente se esquivando. E ainda querem culpar o pobre coitado! O que falta é sensibilidade, atenção aos detalhes. Ou você acha que ele, grandioso como é, vai chegar com uma placa ou uma sirena para que você o note? Não mesmo. Ele vem em silêncio, chega tomando conta, mas sem avisar. E é bem ligeiro também, ele não pode te esperar para sempre. Seja compreensiva vai, ele tem um mundo inteiro para rodar e se levar para as pessoas. Não pode ficar esperando que você o perceba e depois ainda que você se decida se é ou não a hora certa. Por isso, não sai por aí falando mal dele não, menina. Já viu trabalho mais ingrato que esse? Traz tanta coisa boa pra vida de uma pessoa e no final, acreditem, ainda conseguem estragar com a sua fama. Vai ver é por isso a falta de amor nesse mundo, todos…

Busca sem sentido.

Toda vez que eu fecho os olhos, eles se abrem pra você. Toda vez que eu durmo para te esquecer, os meus sonhos te trazem pra mim. Parece ironia, parece injusto, mas cheguei à conclusão de que não, é apenas a vida me lembrando que eu não consigo sem você.
Te deixei, disse que precisava de um tempo sozinha. Queria navegar pelo mundo, descobrir terras novas. E realmente eu descobri muita coisa. Descobri que lá fora é tudo mais complicado e sombrio. Descobri que as pessoas não sorriam com tanta facilidade e que o amor andava sumido para muita gente e foi nessa que a minha ficha caiu. Elas estavam buscando por algo de que eu estava fugindo,
que sentido isso tem?
Demorou demais para que eu percebesse que eu tinha tudo que eu precisava bem ao meu lado. Não levei a sério a lei simples da vida de que toda escolha tem uma consequência e a minha, bem, não demorou muito para chegar. Eu te deixei escapar. Te deixei livre demais e com isso, te perdi. Soube que você está feliz e que tem sido visto com…