Pular para o conteúdo principal

Ele só é intrigante.


De certa forma, ele é intrigante. Não sei o que você pensou quando eu falei essa palavra, talvez algo totalmente diferente do que ele realmente seja, mas para mim, essa palavra se encaixa completamente na definição do que ele é. Combina, na verdade. É uma palavra diferente, não é em qualquer frase que cabe dizê-la. Feito ele, um ser ímpar. Ou deveria dizer, primo?

Falava com muitas pessoas, cumprimentou quase todas as mesas por que passou. Mas sentou-se sozinho ao final do salão. Na mesa de sempre, confesso que reparei nesse detalhe. Também pediu a mesma cerveja de sempre, levantou-se por volta das 22:25 e colocou para tocar um blues qualquer em uma das máquinas de música do bar. Ele adora blues, tem sempre uma nova música na manga. E então, quem ouve esse tipo música nos dias de hoje? Digo, com vinte e tantos anos. Só ele.

Ele tem diversos tênis, all star, vans, seja lá qual for marca. Mas são diversos, em todas as cores e todos lindos, na minha opinião. Mas ele não muda de calça, deve ser a vigésima vez seguida que eu vejo ele com esse jeans claro e largado. Eu não acredito que seja a mesma blusa ou que tenha poucas, mas são todas iguais. Discretas e confortáveis, mas às vezes divertidas.

De vez em quando pega no celular, de vez em quando olha a sua volta. Muitas vezes cantarola sozinho as músicas que coloca para tocar. Nunca fica por mais de uma hora por ali, desconfio que cronometra o tempo certo de chegar, beber duas ou três tulipas, se divertir com uma ou duas músicas que escolhe e pronto. Hora de ir embora.

A verdade é que passou a fazer parte da minha rotina vir aqui, só para admirá-lo. Não que eu tenha alguma paixão platônica ou que eu passe noites em claro pensando em uma forma de conquistá-lo. Não me entenda mal, ele só é intrigante. E coisas intrigantes deixam a gente, digamos, intrigados.

Comentários

  1. Mas intrigante também lembra intriga, sabe? haha

    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  2. Amei ... "E coisas intrigantes deixam a gente, digamos, intrigados." eu ri kk!!
    Adoreiii muito post , você escreve muito bem...
    Beijos
    http://pimentaeoutrasdrogas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. HAHA, fiquei intrigada com teu texto! Brincadeira... Rsrsrs
    Eu preciso dizer ainda que amei? Vc escreve maravilhosamente bem. Super gostei!
    Beijos
    http://oicarolina.wordpress.com

    ResponderExcluir
  4. Adorei o texto,
    Como não amar né? Sua qualidade de escrita é ótima,
    parabéns, continue nos presenteando com seu textos maravilhosos

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Belo texto, vc escreve muito bem!

    Beijos;*
    olhardeumatimida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Lindo texto, Carol. Sério, já pensou em escrever um livro? Amei seu jeito e sua escrita, parabéns!

    http://www.sahandrade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Como não admirar pessoas intrigantes né?
    Eles nos fascinam de uma forma que nem imaginam.
    Adorei o texto e seu blog!

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Verdade, concordo totalmente!! Gosto de pessoas misteriosas, elas fazem com que a gente queira conhecê-las..

    Beijinhos, Garota Inocente

    ResponderExcluir
  9. Amei, realmente coisas intrigantes nos deixam intrigados! rs Ótima Semana, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Adorei o texto! Esse final ficou perfeito : "E coisas intrigantes deixam a gente, digamos, intrigados". :D
    No entanto, Intrigante também lembra intriga, não?

    Beijo
    http://criandorabiscos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Ah vai entender essas loucuras nossas de ficar "apenas observando" haha Mas adorei o final *o*

    Adolecentro

    ResponderExcluir
  12. "E coisas intrigantes deixam a gente, digamos, intrigados."

    Pura verdade! Gostei muito desse texto. Fica difícil escolher um texto só como preferido, acho que amo todos! hahaha <3

    osdetalhesdeumavida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Adorei o texto, enquanto eu tava lendo, eu vi um filme passando na minha cabeça direitinho em cada cena rsrs
    Muito bom, é incrível como você consegue escrever tantos textos bons assim.
    Beijos.

    sonhosdegarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Adorei o texto e me identifiquei bastante.

    Confira o Esmalte da Semana. É uma cor bem vibrante e uma cor que gosto bastante =)

    Beijinhos de luz =***

    Cllara Maranhão ʚɞ
    http://cllaramaranhao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Que lindo o seu blog! Ameei os seus textos! Parabéns! Você escreve muito bem!
    Já estou seguindo aqui! *-*

    www.corujaloira.com

    ResponderExcluir
  16. Ahahah, intrigante tudo isso.
    Eu passo tempos observando pessoas. Algumas são isso mesmo, intrigantes, misteriosas, curiosas, e por fim, me apaixono, não pela pessoa, mas pelo modo de como elas são quando não sabem que estão sendo observadas. Parece muito mais espontâneo quando é assim!

    Identidade Aleatória
    Facebook

    ResponderExcluir
  17. Olá Carol dando uma passadinha pelo seu blog, não tive como não amar seus posts, super espontâneos e românticos rsrsrsrs, nos fazem pensar que a vida vale a pena ser sentida, e expressada através de palavras, curti muito o blog e estou seguindo, fico te esperando lá na cabana se você curtir : http://www.cabanadoslivros.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Carol vc escreve muito bem, adoro esses textos que tenham "ele" haha bjs!

    http://nossoblogsecreto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Algumas pessoas são misteriosas, curiosas e passam a esconder muitos segredos. Se pararmos para pensar, todos nós somos de uma maneira intrigantes, cada um da sua forma...
    Adorei o texto, meus parabéns!

    Já estou seguindo o blog e da uma passadinha lá no meu também (:
    http://www.meninadepalavra.com/

    ResponderExcluir
  20. Até eu ficaria intrigada com isso rs Acredito que todos somos intrigantes, cada um de jeito diferente.
    vestindo-ideias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Seus textos são sempre ótimos!

    http://doceesconderijo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Gostei, acho que todo mundo um dia já admirou alguém desse jeito...

    Adorável Tédio | Fã Page

    ResponderExcluir
  23. Incrível, tem coisas que realmente nos intrigam, pelo mistério ou simplesmente por ser intrigante.

    http://iasmincruz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabe o que você quer?

Depois de muito tempo sendo apenas passageira, vivendo totalmente sem rumo e sem um lugar para voltar, eu preciso de algumas certezas. Coisa boba, do tipo, o que você quer no momento? Digo, comigo. Com a vida. Com o amor. Está tudo envolvido, espero que saiba. Tudo ligado, mas também facilmente desligado, se for necessário . É que o seu jeito é uma junção de tudo que eu adoro, mas o meu jeito extrovertido é o que mais chama atenção em mim. O seu sorriso é lindo, mas o meu vive sendo elogiado também. Os seus olhos são claros e vivos, mas o meu são brilhosos e me revelam muito facilmente. Gosto do seu estilo e também do meu. A questão é que, todas essas coisas são superficiais ao mesmo tempo em que denunciam logo quando tem algo errado com a gente, já percebeu? Não quero sofrer novamente. Não quero me fechar, não quero perder o meu sorriso, não quero que as lágrimas inundem o meu rosto e principalmente, não quero passar a voltar a usar moletom. E engordar, me afundar, embara

Não estou indo para a forca!

Hoje o dia acordou cinzento e ensopado. Isso é diretamente responsável por 30% do meu mau humor matinal, tem coisa mais desanimadora do que acordar cedo no frio e com chuva? Liguei o chuveiro na temperatura pelando e sem pensar em horário, tomei um banho longo com o intuito de relaxar. Fiz um coração (e ainda escrevi a letra P) no espelho embaçado por causa do calor e após me arrumar, desci para tomar o meu café da manhã. Mamãe me deu um bom dia animado – mais que o normal. Papai apenas olhou para mim e sorriu de lado. E a minha irmã a essa hora ainda nem tinha levantado. Na televisão falava sobre exercícios importantes para o cérebro se manter ativo. Descobri que o meu deve estar para lá de sarado, porque a dica número um é ler . Enquanto o meu pão esquentava, eu arrumava a minha mochila para o longo e novo dia que estava por vir. Peguei o meu fone, “A Última Carta de Amor”, livro que estou lendo no momento e a minha carteira. Basicamente é disso que eu preciso. O celular já estava

2013

2013 . Quem se atreve a dizer que foi o melhor ou pior ano da sua vida? Se você consegue, sorte a sua! Para mim, confesso, ainda não consegui nem me decidir se foi um ano bom ou um ano ruim. Foi um dos anos que mais aconteceram coisas, muitas surpresas, decepções, novidades, recomeços...  Percebi que foram 365 dias bem divididos entre dias maravilhosos e dias tristes. E em cada área da minha vida tudo foi acontecendo de uma forma diferente da que eu esperava. Eu achei que em certo ramo estava estável e muito bem resolvida, mas exatamente nessa a vida me deu uma rasteira braba. Onde eu desejava tanto que algo acontecesse, não vi mudanças. Batalhei por objetivos que não foram alcançados, mas fui recompensada com surpresas incríveis.  E hoje eu posso ver que sobrou um imenso aprendizado. Aprendizado da vida, de mim mesma, das pessoas. Foi o ano em que mais fui exigida! Emocionalmente, com certeza. Mas também nas minhas responsabilidades, nas minhas relações, na minha mente